Faça sua busca

Vocês, leitores

Everton
Everton Bauru, SP - 19/08/2015
Comecei a ler o livro 'Saga Animal' de forma aleatória e sem muitas expectativas, embora a sinopse tenha me agradado. Confesso até que estranhei um pouco a quantidade de texto, já que eu tinha apenas visto a capa pela internet e imaginava que fosse um livro mais de ilustrações. Mas devo dizer que fui surpreendido já nas primeiras páginas por um texto realmente bom, adorei a linguagem. E como é  bom ser surpreendido dessa forma. Naqueles momentos em que você está no trabalho, pega o livro que está sobre a mesa, acena para o colega do lado e diz: -Cara, esse livro aqui é bom. Pois é, gostei nesse tanto. E espero conhecer os seus outros livros.
Fabiano Rodrigues
Fabiano Rodrigues13/04/2014
Oi, Índigo. Tô achando muito bacana essa interação com a molecada. Não tem coisa mais chata do que escritor sério. Adoro quando você divide o seu mundo. Aqui, no meu mundinho, continuo acompanhando seus textos. Abraços!
Denise Teixeira, 42 anos
Denise Teixeira, 42 anosLorena, SP – 17/02/2013
Olá, Fiquei encantada com seu livro, "Um dálmata descontrolado" e quando visitei seu blog fiquei hipnotizada sem conseguir parar de ler. Seus relatos são muito envolventes.Obrigada por dividir este dom tão especial,um abraço
Jéssica T.M, 17 anos
Jéssica T.M, 17 anosFlorianóplis, S.C – 17/08/2012
Oi,Hoje na escola, achei um livro seu por acidente. Era o livro “Cobras em Compota”. Nunca li um livro que me fizesse rir tanto, principalmente a parte da história do pinguim.Eu gosto de ler, mas só o que me faz rir, e raramente livros brasileiros são bons. Geralmente são chatos. Parecem antigos.Mas o seu com certeza foi um dos melhores que eu já li.PARABÉNS!
Eduardo Peres Terra, 14 anos
Eduardo Peres Terra, 14 anosPorto Alegre, R.S – 17/06/2012
Li o teu livro chamado “O Colapso dos Bibelôs”.Já havia lido ele várias vezes e resolvi reler. Achei muito interessante a maneira que tu escreveu. Enquanto estou lendo sinto estar na pele do Danilo, digamos. A ideia de que o Brasil está sem comunicação nenhuma foi genial. Realmente, o teu livro está entre os meus favoritos.Parabéns! Ele foi muito bem escrito.
Débora Juchem, 33 anos
Débora Juchem, 33 anosIjuí/RS – 17/08/2012
Prezada Índigo: Com imensa alegria informo que recebi teus livros. Quando comecei a ler, só larguei ao chegar no final!!! Com certeza, os leitores gaúchos ficarão mais alegres com tuas produções!! Tua maneira de escrever é realmente envolvente e cativa o leitor!! Parecia que eu estava dentro da história SENSACIONAL!!! Um abraço do tamanho do Rio Grande!
Mariá, 19 anos
Mariá, 19 anosUbá, MG - 11/12/2011
Boa noite! Li mais um livro seu. “A maldição da Moleira”! Haha! Muito bom. Adoro a forma que você escreve. Li em um dia! Logo, logo, lerei mais livros seus. Saiba que tem uma fã num canto perdido do mundo. Aliás, três. Eu e minhas irmãs. Um carinho.
Euler Alves, 42 anos
Euler Alves, 42 anosMatozinhos, M.G - 09/03/2009
Índigo: Tudo bem? Adoro seu trabalho. Pirei com o livro “Cobras em Compota”. Um belo dia eu entrei na biblioteca pública da minha cidade e dei de cara com o livro. Achei o título maravilhos e a arte da capa chamou minha atenção. O conto que eu amei foi “Pedaço de Carne”. Parabéns! Tudo de bom! Falo do seu trabalho para todas as pessoas. Muita Luz pra você. Abraços
Receita para o bem-estar:
Receita para o bem-estar:
21 de abril de 2017
Passadinha rápida
Passadinha rápida
19 de abril de 2017
A profetisa agradece
A profetisa agradece
17 de março de 2017
Gnomo no caminho
Gnomo no caminho
14 de março de 2017
O jumento de cada um
O jumento de cada um
7 de março de 2017
Gláucia Santinello em:
Voltando para a escola
2017-03-21 16:31:33
Gláucia Santinello em:
Gnomo no caminho
2017-03-21 16:22:22
Erica em:
Perdendo perninhas, a série
2017-03-18 16:18:03
Índigo
Índigo em:
Voltando para a escola
2017-03-17 08:10:43
Ana Letícia Silva Palácio em:
Voltando para a escola
2017-03-16 17:33:56