Faça sua busca
  • segredosdeindigo
    @gmail.com

  • @indigo.ayer

  • @indigo_hoje

  • @indigoescritora

  • /
  • Vida
  • /
  • Entrevista com Índigo sobre Rinoceronte Marcondes nas livrarias
5 de março de 2020
514 visualizações

Entrevista com Índigo sobre Rinoceronte Marcondes nas livrarias

Reportagem: Notamos que seu livro, Rinoceronte Marcondes, vem sendo vendido de um modo bem polêmico. Ouvimos vendedores comentarem que esse é um livro excelente para crianças mau educadas. O que você pensa disso?

Índigo: Eu fico mal pelo Marcondes. É verdade que no começo da história ele é bruto, sem educação, grosso e totalmente sem noção. Deve ter rolado uma identificação com crianças desse perfil. E os vendedores enxergaram aí uma oportunidade maravilhosa.

Reportagem: Numa das ilustrações, Rinoceronte Marcondes fica deitadão no sofá, bem folgado, comendo pizza. Inclusive, notamos que ele deixou cair um pedaço de calabresa no sofá e ficou uma mancha de gordura. Será que ele não é um mau exemplo para as crianças?

Índigo: Não. De modo algum. Ele é apenas um rinoceronte.

Reportagem: Mas a senhora gostaria que um rinoceronte deixasse manchas de calabresa no sofá da sua sala?

Índigo: Na minha casa nós não comemos carne portanto não haveria esse risco de pedaços de calabresa no sofá. E eu jamais permitiria que o Marcondes comesse no sofá da minha sala.

Reportagem: Por que a senhora insiste em dizer que Marcondes não é um mau exemplo?

Índigo: Porque ele evolui lindamente no decorrer do livro. Claro que não posso dizer como isso acontece, mas está lá. Marcondes é uma prova viva de como podemos nos tornar pessoas mais refinadas. Eu não acredito em “virar uma pessoa melhor”, mas sim na lapidação dos nossos defeitos. É um trabalho possível. Marcondes está lá para mostrar.

Reportagem: Seria “Rinoceronte Marcondes” um livro de auto-ajuda-versão-mirim?

Índigo: Possivelmente, mas isso depende do leitor. Eu diria que um leitor antenado pode se beneficiar bastante com a história do Marcondes. Dizem que pessoas sábias aprendem através das experiências dos outros. Talvez, ao ler esse livro, você aprenda algumas coisinhas e não tenha que passar pelo transtorno de ter um rinoceronte dentro de casa. Digo por experiência própria.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Já nas livrarias!!!
Já nas livrarias!!!
21 de junho de 2022
Oficina de Escrita Orgânica em Holambra
Livro novo! Já nas livrarias
Livro novo! Já nas livrarias
4 de agosto de 2021
20 anos de estrada!
20 anos de estrada!
8 de junho de 2021
Casinha para degustação
Casinha para degustação
25 de maio de 2021
Avatar
Índigo em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-05-25 16:01:12
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:16:04
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:15:49
Avatar
Índigo em:
Casinha para degustação
2021-06-09 10:00:27
Avatar
Marilda Arrivabene em:
Casinha para degustação
2021-05-31 10:09:34