Faça sua busca
  • segredosdeindigo
    @gmail.com

  • @indigo.ayer

  • @indigo_hoje

  • @indigoescritora

5 de fevereiro de 2013
658 visualizações

Essa sou eu

Uma vez que descobri que estava me transformando num bicho do mato, achei importante identificar a qual espécie do reino animal eu pertencia. A julgar pelo meu comportamento, não era uma ave. Nesses primeiros dias eu ainda estava longe de conseguir voar. Também não era mamífero. Se fosse, eu saberia. Não chegava a ser um réptil, pois eu estava me sentindo soltinha demais, feliz e comunicativa. Bem mais comunicativa do que na minha vida normal. Inseto também não era. Faltava-me a agilidade dos insetos. Mais do que agir, eu preferia observar. Nesses primeiros dias eu tentava encontrar um conforto interno, independentemente do que estivesse acontecendo à minha volta. Conforme fui fazendo esse exercício, ficou óbvio. Eu era um anfíbio.

sapo

Havia tanto o que reparar. Era como se eu estivesse num país estrangeiro. Tudo ali era diferente. O jeito de andar, de falar, de comer, de se vestir, de cumprimentar as pessoas, de dormir, de lavar roupa, de ir ao banheiro, tomar banho, cantar e até de tomar água. Uma terra estrangeira onde a única coisa que tínhamos em comum era o idioma.

 
  Compartilhar
Já nas livrarias!!!
Já nas livrarias!!!
21 de junho de 2022
Oficina de Escrita Orgânica em Holambra
Livro novo! Já nas livrarias
Livro novo! Já nas livrarias
4 de agosto de 2021
20 anos de estrada!
20 anos de estrada!
8 de junho de 2021
Casinha para degustação
Casinha para degustação
25 de maio de 2021
Avatar
Índigo em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-05-25 16:01:12
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:16:04
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:15:49
Avatar
Índigo em:
Casinha para degustação
2021-06-09 10:00:27
Avatar
Marilda Arrivabene em:
Casinha para degustação
2021-05-31 10:09:34