Faça sua busca
  • segredosdeindigo
    @gmail.com

  • @indigo.ayer

  • @indigo_hoje

  • @indigoescritora

  • /
  • Vida
  • /
  • O novo prefeito vem aí…
19 de dezembro de 2012
967 visualizações

O novo prefeito vem aí…

Aqui em Boca do Acre não há muito o que fazer. Hoje cedo fui ao cartório e consegui o documento autenticado que um amigo havia me pedido. Chegando lá, a rua estava interditada, com polícia e camburões por toda parte. Paralelamente, nas ruas ao redor, o povo soltava rojões. Motos e carros buzinavam. Eu não entendi nada. Então me explicaram que hoje é o dia em que o juiz assina um documento legalizando a eleição do novo prefeito, Iran. À tarde perguntei ao dono do hotel, pois as comemorações continuavam por toda a cidade. Ele me deu a mesmíssima explicação, então deve ser verdade.

Agora à tarde está fazendo um calor digno da região. Eu de fato estava estranhando o clima sereno. Instalei-me no refeitório onde servem café da manhã e estou transcrevendo os diários do vô João, esperando o sol baixar. Graças a Deus aqui não tem horário de verão. Seria demais pra cabeça.

 Aqui vai uma fotinho que tirei ontem, do rio Purus. Esse barquinho será minha nova casa, a partir de amanhã.

Enquanto isso, vamos voltar para 1969…

Às 2:25 da madrugada ainda estavam carregando lenha para a Niterói e sua alvarenga. Às 6 hs já havia a Niterói partido. Acordei-me às 6 e logo levantei-me. Teresa levantou-se às 6:20. Às 8 estávamos parados à margem direita, para adquirir comida para o boi que ia a bordo. Sempre havia animais vivos a bordo: bois, porcos, galinhas, etc. A Niterói foi parando por aquêles seringais, Purús abaixo, para pegar lenha. Lenha e mais lenha…, ora numa margem, ora noutra, mas sempre lenha. Chegamos a Santa Fé, bonita e adiantada vila à margem esquerda. Moças e rapazes vieram a bordo. Entre eles havia purinãns. Os purinans são fortes, bonitos, bem vestidos. Moços e moças, todos morenos, claros ou trigueiros, cabêlos e olhos pretos. Uma moça purinã muito robusta e bonita. Um moço purinã ainda não falava nada em português, e quase nada entendia. Pertenciam a um grupo de trabalhadores do Seringal Santa Fé. Teresa, nesta tarde, teve ocasião de socorrer, com penicilina, o Telegrafista da chata, senhor Tarcísio, que havia queimado uma das mãos.

 
  Compartilhar

2 comentários

  1. Avatar
    waleria leal

    …coisas que não mudam , nem mesmo na boca (da onca): a alegria das cores. Acredito mesmo ser essa a famosa “salvacão”. Eu agora estou bem feliz de ler seu diário de bordo(devo confessar que chorei com saudades de mim e de tudo que podia ter sido e não foi mas(sempre mas…)faz parte das lembrancas do passado que “beiram rio e mar”- como diz nossa senhora dos sete mares…kkkk .Bjs e até.W
    nb. estou ligada em vc e vô João.

    1. Avatar
      indigo

      Falou e disse a Senhora dos Sete Mares! bjo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Já nas livrarias!!!
Já nas livrarias!!!
21 de junho de 2022
Oficina de Escrita Orgânica em Holambra
Livro novo! Já nas livrarias
Livro novo! Já nas livrarias
4 de agosto de 2021
20 anos de estrada!
20 anos de estrada!
8 de junho de 2021
Casinha para degustação
Casinha para degustação
25 de maio de 2021
Avatar
Índigo em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-05-25 16:01:12
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:16:04
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:15:49
Avatar
Índigo em:
Casinha para degustação
2021-06-09 10:00:27
Avatar
Marilda Arrivabene em:
Casinha para degustação
2021-05-31 10:09:34