Faça sua busca
  • segredosdeindigo
    @gmail.com

  • @indigo.ayer

  • @indigo_hoje

  • @indigoescritora

  • /
  • Vida
  • /
  • Tempos de skatista
18 de junho de 2013
819 visualizações

Tempos de skatista

Ontem à tarde eu estava descendo a Fradique Coutinho, pensando numa história – tralalalalá – quando vejo uma turba de pessoas descendo a Cardeal Arcoverde. “Oh, os manifestantes da tarifa”, penso comigo. “Oh! Igualzinho na televisão”. No minuto seguinte estou numa cena de filme. O mundo acabou, um rio de gente toma as ruas da Vila Madalena. Muitas estão vestidas de verde e amarelo, outras com o rosto pintado de preto. Uma moça enrolada numa bandeira clamando por “Mais amor, por favor”. Ao lado um rapaz pede a cabeça do prefeito. Tinha gente gritando, gente pulando, gente tocando bumbo. Tinha de tudo. De todas as idades e com tudo quanto é propósito. Você está revoltado com a corrupção? Bem-vindo. Quer passe livre? Ok. Quer a anulação da Copa no Brasil? Beleza. Havia espaço para todo mundo. Parada na encruzilhada eu olhava, olhava e achava tudo muito interessante. Então aconteceu.  A coisa é rápida. Começa com um movimento de cabeça, uma mão que soca o ar e no instante seguinte você está com quinze anos de idade, determinada a invadir o congresso e quebrar tudo. Você se lembra da última vez em que entrou numa escola do Estado e das condições de trabalho dos professores. Você se lembra da última vez que fez sua declaração de imposto de renda e do salário dos deputados. Você se lembra do lixão a céu aberto e da latinha de coca-cola boiando num igarapé no meio da Amazônia. Você se lembra de uma professora que não recebia o salário da prefeitura há quatro meses. Você se lembra da última vez que teve de lidar com a polícia, por conta de um documento idiota, que demorou 40 dias para ficar pronto. Você olha para aquelas tigelas no topo do congresso, olha pro seu skate e faz o que devia ter sido feito há tempo. Há muito tempo. Eu só espero que isso seja o começo. O começo de algo radical.


2 comentários

  1. Avatar

    Também espero í!Vc não acha que chegou o momento do Brasil acordar?Isto é, investir amplamente em educação e bibliotecas para o povo pensar e deixar de lado a ignorância?
    De agraciar nossos escritores?Assim como você e a Ivana,Clarah Averbuck e dentre outros escritores?
    Abraços:D

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Já nas livrarias!!!
Já nas livrarias!!!
21 de junho de 2022
Oficina de Escrita Orgânica em Holambra
Livro novo! Já nas livrarias
Livro novo! Já nas livrarias
4 de agosto de 2021
20 anos de estrada!
20 anos de estrada!
8 de junho de 2021
Casinha para degustação
Casinha para degustação
25 de maio de 2021
Avatar
Índigo em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-05-25 16:01:12
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:16:04
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:15:49
Avatar
Índigo em:
Casinha para degustação
2021-06-09 10:00:27
Avatar
Marilda Arrivabene em:
Casinha para degustação
2021-05-31 10:09:34