Faça sua busca
  • segredosdeindigo
    @gmail.com

  • @indigo.ayer

  • @indigo_hoje

  • @indigoescritora

  • /
  • Vida
  • /
  • Trabalhando pelo coletivo
27 de fevereiro de 2013
957 visualizações

Trabalhando pelo coletivo

A musiquinha grudou feito um chiclete no meu cérebro. A formiguinha corta a folha e carrega. Quando uma larga, a outra pega. Veja que mistério curioso, a formiguinha ensinando o preguiçoso.

Uma letra aparentemente simples, mas que fala sobre a coletividade. Na minha vida pregressa, de escritora, eu nunca tinha vivido a experiência de ser uma pecinha em meio a uma engrenagem. Como escritora eu vivia isolada numa chácara, trabalhando nos meus livros. Minha interação profissional com o resto do mundo se limitava a troca de emails com meus editores, sendo que isso acontecia uma vez por mês e olhe lá. Achei fascinante descobrir que eu podia contribuir para uma obra conjunta, que minhas funções eram idênticas as de todo mundo. Eu era capaz de assumir a função a partir do ponto em que a companheira havia largado ou então podia largar o batente sabendo que alguém retomaria o meu trabalho, fazendo exatamente o que eu teria feito. Poder me livrar do fardo do trabalho autoral, que dependia exclusivamente de mim, foi a maior sensação de liberdade possível. Entre as formigas eu me sentia amparada e leve. Dava gosto de trabalhar. Fiquei muito apegada a elas. Imagine encontrar um bando de companheiras nas quais você tem confiança total! Tínhamos as mesmíssimas habilidades. No mundo dos humanos eu nunca havia presenciado algo assim. Nunca.

 
  Compartilhar

2 comentários

  1. Avatar

    índigo, no começo de sua carreira como escritora, vc escrevia diariamente?Como vc ia descobrindo seu estilo?

    Bjos,

    PS:vc é uma das escritoras referenciais.Digo que vc está ao lado de Rachel de Queiróz ,Clarice Lispector e Lygia Fagundes Telles.

    1. Avatar

      Oi, Rafael – Sim, escrevia diariamente, menos nos fins de semana. Eu descobria meu estilo escrevendo. Acho que não tem outro jeito.
      Tb adoro a Lygia. Ela tb é uma referência para mim. beijos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Já nas livrarias!!!
Já nas livrarias!!!
21 de junho de 2022
Oficina de Escrita Orgânica em Holambra
Livro novo! Já nas livrarias
Livro novo! Já nas livrarias
4 de agosto de 2021
20 anos de estrada!
20 anos de estrada!
8 de junho de 2021
Casinha para degustação
Casinha para degustação
25 de maio de 2021
Avatar
Índigo em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-05-25 16:01:12
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:16:04
Avatar
Isadora em:
Oficina de Escrita Orgânica. Venham!
2022-04-27 22:15:49
Avatar
Índigo em:
Casinha para degustação
2021-06-09 10:00:27
Avatar
Marilda Arrivabene em:
Casinha para degustação
2021-05-31 10:09:34